quinta-feira, 23 de julho de 2009

Dois Poemas Missionários, de Eliúde Marques


OBRA MISSIONÁRIA

Um chamado, um anseio, uma esperança;
um olhar se evolando na distância;
uma voz cujo eco não se cala;
uma fé que ninguém pode arrancá-la;
um espírito rendido em oração;
uma vida doada – o coração.

Obra missionária!
Campo aberto da mais febril batalha.
Luta sem par das trevas com a luz,
guerra que é feita em nome de Jesus!

Se Deus te chama, apressa, meu irmão,
é tempo de cumprir tua missão
aqui, ali, além, seja aonde for,
estando na vontade do Senhor!

África, índia, América, o mundo inteiro
precisa crer que Deus é verdadeiro.
Que não é mito, é vivo, santo, eterno
e quer livrá-lo do tão vil inferno.

Brasil, Ásia, Europa, o mundo inteiro
espera pelo crente brasileiro.
Um povo que está cheio de poder
e que na Obra missionária crê.

Certo está de que Quem o convocou
o necessário providenciou,
e há de prover toda a necessidade,
porque Sua Palavra é a verdade.

Obra missionária!
Da Suécia teu brado nos ergueste
e arraigada entre nós permaneceste,
e até hoje o amor dos que venceram
arde na vida dos que o receberam.

Joel Carlson, Daniel Berg, Gunnar Vingren:
pés que na terra nunca descansaram,
santos que deram todo o coração,
vidas de fé que não se apagarão.

Obra missionária!
África negra, África escrava,
legado de trabalho que imigrava
à nossa Pátria em tempos de outrora.
Ergue-te, pois, Brasil, é tua hora
de lembrares que foste libertado
e a África ainda é escrava do pecado...

Se Cristo te chamou e ainda chama,
vai, porque grande é a multidão que clama.
Se Deus chamar-te, moço, é que precisa,
vai, que o Senhor se responsabiliza!

Se Deus comissionou urgentemente,
deixa tua pátria e deixa tua gente
em busca de almas de criança e velho,
e esse Deus que chamou para o dever,
há de te sustentar com seu poder,
na transmissão do seu santo Evangelho!



EIS-ME AQUI

Eu ouço além, Senhor, tua chamada
e o vasto campo eu vejo a florescer;
porém, desejo estar bem preparada
e revestida pelo teu poder!

Eu quero dar-te a minha vida inteira,
embora eu nada represente ou seja;
quero ser luz, ser paz e ser bandeira
hasteada para o bem da tua igreja!

Eu sei que Tu tens preparado tudo,
'té mesmo o que jamais pude antever;
o pão, a veste, o amor e, sobretudo,
a graça e a firmeza de vencer.

Se queres, pois, Senhor, toma a tenaz,
toca os meus lábios porque sempre cri
que esse teu toque me fará capaz
de assim dizer: Envia-me, eis-me aqui!

Eliúde Marques

Do livro: Luzes do Arrebol - Poemas que a Fé inspirou

Fonte: http://poesiaevanglica.blogspot.com

2 comentários:

  1. Poemas muito edificantes!
    Esta é a verdadeira missão: o andar pela fé e servir de forma incondicional a obra de Deus.
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. POEMAS LINDOS E BOM PARA NOSSA EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL E AINDA MAIS NOS DARVONTADE DE FAZER MISSÕES SEMPRE.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...