segunda-feira, 30 de abril de 2012

Nossa missão!



A Paz do Senhor! Espero que estejas bem, no nosso devocional diário temos lhe apresentado, bem como a todos os nossos intercessores e colaboradores dessa obra. Nós continuamos aqui onde o Senhor nos colocou, no melhor lugar do mundo, no centro da vontade de Deus, estar aqui nem sempre é fácil ou confortável, mas sentimos que Deus está aqui e isso tem nos bastado. 

A creche escola Peniel continua sendo uma benção na vida de todas as crianças atendidas pelo projeto, até abrimos mais vagas, crendo nesse Deus maravilhoso e provedor que tem estado conosco. Mais e mais crianças tem se rendido a Cristo e estão sendo discipuladas, a nossa equipe de professores e ajudantes tem se esforçado para fazer o melhor possível por essas crianças. Essa semana, eu estava lendo minha Bíblia a tarde, quando senti que deveria visitar a casa de três alunos daqui do projeto e levar mantimentos.

Fiz três cestas, coloquei a primeira na garupa e saí de moto, depois de um caminho tortuoso e acidentado por uma trilha estreita no meio do mato, cheguei a primeira casa, uma pequenina casa de barro, sem saneamento básico, coberta de palha, sem energia elétrica, com piso de terra batida e com a pequena cozinha cercada de vara...a mãe e as três crianças estavam do lado de fora, sentados em pequenos banquinhos, as crianças estavam sujas e aparentavam estar com fome, as duas meninas e o menino, vestiam três cuequinhas encardidas e nada mais, a mãe só de sutiã amarrado com um fio e um pequeno short que não consegue mais abotoar por causa da barriga de cinco meses de gravidez, a criança menor, de um ano, mastigava um pedaço de bolinho de trigo borrachudo e sujo...aquele havia sido o almoço...o marido estava para o mangal, tentando conseguir uns caranguejos para terem alguma coisa para comer. 

Quando cheguei, disse aquela mãe com seu olhar aflito, que ela não estava sozinha, Deus a estava vendo no meio daquela mata, e para Ele, ela era muito importante, Deus havia visto sua necessidade e me mandara levar aqueles mantimentos para sua família, ela chorou, não sei se de felicidade pelo alimento ou de surpresa em saber que o Deus todo poderoso, criador do universo, se importava com ela, tão pequenina, tão simples, tão desprezada por todos...seus três filhos, tem encontrado a Jesus aqui e estão tendo suas vidas transformadas pela maravilhosa mensagem do Evangelho. Deixei para trás todos reunidos ao redor da cesta e parti para buscar a segunda. 

A casa era igual, de barro e palha, sem móveis, sem piso, sem nada...panelas vazias, fogo apagado, olhares de desesperança... o pai não suportou mais a situação difícil e foi embora, deixando para trás e esposa e cinco filhos, sem renda, sem perspectiva, sem comida, sem nada. E agora, se pergunta essa mãe perplexa: como alimentar meus filhos? como escapar da fome? como sustentar a casa? não sabe. Ninguém sabe. -Amada, Jesus é a saída. Ele pode preencher seu coração, suprir sua necessidade de amor, de paz. Ele pode sarar suas feridas. Ele abre portas, Ele trás a existência o que não existe, Ele vive. Dei a cesta: Tome, alimente suas crianças. Ela perguntou: é de graça? Eu respondi: Não.Jesus pagou por ela. Ela sorriu. Suas crianças também são atendidas pelo projeto. Voltei em casa. Reabasteci. 

Não havia ninguém na terceira casa, se mudaram para outro barraco. Encontrei a mãe dessa família na estrada, vinha empurrando uma bicicleta velha, com paus velhos na garupa. Ela me disse que era para fazer fogo, mas ainda não sabia o que ia cozinhar. Ela é tão jovem, mas está tão envelhecida pelo sofrimento. Também tem cinco filhos. Também atendidos pelo projeto.

Eu disse: Deus mandou uns presentinhos para as crianças. E dei a cesta. Ela não acreditou no que viu. Saiu para pegar gravetos e voltou com uma cesta básica. Deus é surpreendente mesmo. Mas vou esclarecer uma coisa: não damos porque temos sobrando. Pelo contrário, temos muitas crianças para alimentar diariamente. Damos em obediência a um Deus generoso e abençoador. Damos porque Deus nos manda dar. Damos porque nossa atitude glorifica a nosso Deus. Sábado tivemos aula do curso de missões, os alunos vem de longe, passam o dia inteiro estudando. A maioria não pode pagar, então precisamos de um milagre todos os sábados para pagar os R$ 100 do professor do dia, mas o curso não para, porque nosso objetivo não é e nunca foi ganhar dinheiro, nosso objetivo é formar pessoas que ultrapassem todos as fronteiras para resgatar das mãos do diabo, as preciosas almas que pertencem ao Senhor. 

VIVEMOS ASSIM, DE FÉ EM FÉ, DE MILAGRE EM MILAGRE E DE VITÓRIA EM VITÓRIA. No último final de semana, depois da aula, Paulo, Bia e Nalvinha, pegaram um barquinho pequeno fretado e atravessam o Rio Maracanã, em direção ao Derrubado. Enfrentaram um tempestade, ficaram a deriva no meio do Rio...não foi fácil. Eles chegaram lá tarde, cansados, mesmo assim foram dirigir o circulo de oração e atender as pessoas que esperavam, quando finalmente foram descansar, chegou a notícia de uma família que estava com problemas, eles foram imediatamente para lá aconselhar, orar, ajudar. 

E ajudaram. Domingo toda a família estava na Igreja, para vergonha de Satanás e Glória para o nome de Jesus. Missão é isso, é mudar a história das pessoas. É ir onde as pessoas estão. É olhar com os olhos de Jesus, é se sacrificar sem esperar nada em troca. É amar incondicionalmente, como nosso mestre. Amamos vocês e reafirmamos que tudo isso isso aqui só é possível porque vocês tem ouvido a voz de Deus e nos ajudado. Obrigado por semear aqui, a colheita é certa e o resultado, seguro. kelem gaspar.
GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. SER CRENTE
    (F. Assis)

    Ser crente é acreditar num Deus que é caridade;
    É a esperança que alenta e a fé que nos redime,
    É sentir dentro d’alma essa doce vontade
    de semear o bem, de combater o crime.

    Ser crente é refletir de Jesus a humildade;
    Para os outros vivendo em renúncia sublime!
    É ter sempre um conforto a dor que o peito invade,
    É ter sempre um consolo a tristeza que oprime.

    Ser crente é conquistar para Deus que perdoa
    De uma existência má para uma vida boa;
    -O coração que sofre o peso de um label!

    Ser crente é possuir como um prêmio fecundo
    O encanto de viver e ser feliz no mundo,
    A glória de morrer e ser feliz no céu!

    ResponderExcluir