quinta-feira, 2 de junho de 2011

Carta a um mantenedor da obra missionaria


A Paz do Senhor.
Espero que esta carta o encontre gozando das mais ricas bênçãos do céu, esta tem sido nossa oração. Diariamente. Escrevo para dizer que sei que é difícil permanecer fiel a uma causa tão distante, tão longe de seus olhos. Eu o entendo.
Nós estamos aqui por amor, por amor a obra missionária que o Senhor entregou em nossas mãos para realizar. Nós amamos essa obra e amá-la significa em primeiro lugar amar a Deus sobre todas as coisas; e ter um desejo tão grande de agradá-lo, que este amor nos leva até mesmo a lugares que não admiramos, a culturas com as quais não nos identificamos. Semelhantemente, amamos as almas, almas que tem rosto, nome, necessidades, dúvidas, tristezas, alegrias e sonhos, amá-las ao ponto de deixar as escolhas que eu faria para meu próprio bem, para escolher aquilo que beneficia a elas.
Aqui, no clima quente do interior do Pará, desenvolvemos nossa tarefa, moram conosco dois missionários, que nos ajudam na obra. Atendemos na nossa creche quase 40 crianças, que dependem de nós em muitos sentidos. Estamos lutando para construir três salas de aula, dois banheiros, uma cozinha e o refeitório. Para conseguirmos recursos para a construção, vendemos lanches depois do culto, fazemos rifas e pechinchas. Não é nada fácil. Gastamos muito diariamente com a alimentação das crianças, fora remédios, material escolar, calçados e outras necessidades urgentes que surgem de maneira inesperada. Aqui, elas têm uma chance, são evangelizadas, alfabetizadas e alimentadas. Suas vidas estão mudando.
Nossa prioridade é a obra de Deus, nós podemos esperar, nosso conforto não é importante. O que importa e a obra do nosso Deus.
Amado mantenedor, precisamos de sua ajuda.
Em nome de Jesus não fique indiferente, Deus vai abençoá-lo de forma espetacular por esse investimento. Priorize. Ame.
Faça a sua parte. Estamos orando por você.
Banco do Brasil, Ag 1436-2, cc 6993-0.
missgaspar@ig.com.br, 91 96321640
kelem Gaspar
GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário