terça-feira, 17 de agosto de 2010

O missionário e as pequenas coisas



Eu costumo dizer que não sou missionária porque me vi sem opção, com todas as portas fechadas e fui obrigada pelas circunstâncias da vida a abraçar a causa. Pelo contrário, todas as portas estavam abertas, eu era jovem, trabalhava, estudava, tinha muitos amigos, uma família equilibrada e tinha um mundo de possibilidades se descortinando diante de mim... mas , uma voz me chamava das profundezas do mistério, inquietando meu jovem coração e o impulsionando a fazer uma escolha, continuar com meus projetos pessoais ou partir rumo ao desconhecido, levando a palavra de Deus a esquecidos habitantes de terras distantes, sem garantia de retorno, sem salário, sem promessas de sucesso ou recompensa terrena. Fiz a minha escolha. Escolhi a fé em vez da dúvida, escolhi a coragem em vez da covardia, escolhi os caminhos tortuosos em vez dos vales planos...é, olhando assim para trás, revivo aqueles momentos. Não, não foi fácil a viagem rumo ao desconhecido, mas a Voz estava lá, ora sussurrante, ora forte, ora imperceptível, mas estava lá, me dando conforto e me impulsionando em direção ao próximo passo. Passei por situações de imenso perigo, passei por tremendas privações, senti medo, fome, frio, solidão e, algumas vezes, vi a morte de tão perto que quase pude tocá-la, mas até nesses momentos terríveis, a Voz, continuava ao meu lado. Quando eu não possuía mais nada, me restava a convicção da escolha certa. Vou compartilhar um segredo: nunca pensei que sobreviveria, que teria mais de um par de sapatos, que viajaria para contar minhas experiências, que conheceria os lugares e pessoas que conheço hoje,é...confiar na VOZ DE DEUS me surpreendeu.
Esse sorriso que você aí em cima é o sorriso de alguém sem dons, sem talentos, sem qualidades especiais, mas que fez uma escolha certa, escolheu acreditar na fidelidade de Deus.
GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

3 comentários:

  1. Realmente, Kelem, quando paramos para escutar essa tão amável voz, seguimos em frente, Ele nos dá a direção certa e certeza de que está conosco! Um grande abraço! Minha querida missionária! Bjs

    ResponderExcluir
  2. "confiar na VOZ DE DEUS me surpreendeu." "...uma escolha certa, escolheu acreditar na fidelidade de Deus."
    Que declarações!
    Essa Voz sempre nos surpreende, e a fidelidade de Deus é algo inevitável, Ele sempre permanecerá fiel... a QUEM pára e escuta a SUA voz!

    ResponderExcluir
  3. Paz do Senhor!
    Querida irmã Kelem, fico imensamente grato a Deus, por sua vida e família. Sei que os propósitos que Ele tem colocado em seu coração, já existiam antes mesmo de tu nascer e Ele os confiou a ti.
    Joel 2.21-27
    21 Não temas, ó terra, regozija-te e alegra-te, porque o Senhor faz grandes coisas. 22 Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a figueira e a vide produzirão com vigor. 23 Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. 24 As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de óleo. 25 Restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto migrador, pelo destruidor e pelo cortador, o meu grande exército que enviei contra vós outros. 26 Comereis abundantemente, e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que se houve maravilhosamente convosco; e o meu povo jamais será envergonhado. 27 Sabereis que estou no meio de Israel e que eu sou o Senhor, vosso Deus, e não há outro; e o meu povo jamais será envergonhado.
    Fique na Paz de Cristo e estamos com saudades! (3 Jo 13,14,15)

    ResponderExcluir