sábado, 10 de outubro de 2009

Seara em foco



A IGREJA LOCAL E MISSÕES

Para que a chama missionária não se apague é necessário que a Secretaria de Missões esteja sempre envolvendo a igreja local com missões. E uma boa maneira de fazer isto é através da realização de Conferências e Cultos Missionários.

CONFERÊNCIA MISSIONÁRIA - Geralmente é realizada uma vez no ano e deve ser feita com objetivos claros e específicos, e não como mais uma festa da Igreja Local (Deve ser diferente e de caráter estritamente missionário).

Não se deve tratar de qualquer outro assunto que não seja missões nestes eventos, afim de não descaracterizá-lo.
Foram em conferências missionárias que muitas chamadas foram confirmadas, e muitos foram despertados para um maior envolvimento com missões. O que fazer para se promover uma conferência missionária?

1) Convidar preletores que tenham uma verdadeiro envolvimento com missões - isto é essencial se você quiser ter uma verdadeira conferência MISSIONÁRIA. Caso não conheça nenhum você pode pedir ajuda as Agências Missionárias.

2) Se possível, trazer missionários para enriquecer a conferência com suas experiências e testemunhos.

3) Deve-se ter o cuidado de que tudo o que ocorrer nesta conferência tenha realmente um fundo missionário, de preferência destacando os povos não alcançados, e que contribua para o ambiente espiritual do culto.

4) A ornamentação da igreja com bandeiras de países, cartazes com fotos e dizeres missionários é importante para que o conferencista e os membros possam ver missões para todo lado que olharem.

5) Os hinos devem ser missionários. Conferências e cultos missionários não são ocasiões propícias para se trazer muitos cantores, ou dar prioridade a grupos locais que cantam em todos os cultos da igreja, pois o principal são os testemunhos dos missionários, a projeção de informações e a preleção. Os cantores devem ser poucos e que tenham hinos missionários para não desviar o culto do seu propósito principal, que é louvar ao Senhor e promover despertamento missionário.

6) Promover a arrecadação de recursos (ofertas) para a obra missionária. Esta ocasião é propicia para o propósito de fé, que é uma oferta especial a ser entregue em um ou mais meses. Também se pode promover cantinas, venda de artigos missionários e outros como meio de arrecadar mais recursos para missões.

7) Estar sensível a voz do Espírito Santo, no tocante a confirmação de chamadas missionárias é primordial.O dirigente deve sempre ser alguém cujo coração esteja realmente envolvido com missões. Não se deve dar a direção do culto missionário a alguém que não vá dirigi-lo conforme as instruções acima.

8) O diretor de missões deve sempre estar atento ao que acontece no mundo missionário para trazer à igreja notícias atualizadas do que está acontecendo no campo.

9) os relatórios missionários devem ser lidos para que a igreja saiba como estão sendo utilizadas as ofertas.
GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário